Notícias


3 mulheres ficam cegas após tratamento com células-tronco.

24/Mar/2017

1
 

Em 2015, 3 mulheres sofreram danos severos e permanentes na visão após serem injetadas células-tronco nos olhos em um tratamento não aprovado em uma clínica na Flórida, Estados Unidos. O caso foi mencionado em um artigo publicado na revista científica The New England Journal of Medicine.

Uma delas, com 72 anos, perdeu completamente a visão e as outras duas, de 78 e 88 anos, ficaram parcialmente cegas.

As mulheres sofriam de degeneração macular e acreditavam estar fazendo parte de um estudo clínico legítimo e pagaram cerca de U$5.000,00 cada uma para receber as injeções de células-tronco extraídas do tecido adiposo do abdome. uma indicação de má-conduta da clínica, visto que pesquisas legítimas não cobram dos pacientes pela sua participação

Ainda, de acordo com o Dr. Thomas Albini, professor de oftalmologia clínica na Universidade de Miami e um dos autores do artigo, "ninguém que pratique a boa medicina faria um experimento nos dois olhos do paciente no mesmo dia. A prática comum é tratar um olho de cada vez para ver a reação pois, se algo sair errado, o paciente ainda terá a visão de um olho", outro sinal de fraude da clínica.

Duas das pacientes processaram a clínica  que está sob investigação da F.D.A. (Food and Drug Administration/Administração de Alimentos e Drogas) após a denúncia.

A F.D.A. adverte que células-tronco retiradas da gordura estão sendo usadas, por clínicas minimamente regulamentadas, com base em evidências mínimas de segurança e eficácia, para alegar que são tratamentos regenerativos revolucionários para várias doenças.

Células-tronco são células que podem se diferenciar e especializar em diversos tipos celulares, tendo potencial para reparar ou regenerar tecidos danificados. Entretanto, pouquíssimos tratamentos foram aprovados e regulamentados.

Em sua página oficial a F.D.A. previne "A esperança que pacientes tem em curas ainda não comprovadas pode deixá-las vulneráveis a inescrupulosos fornecedores de tratamentos com células-tronco ilegais e potencialmente danosos".

Fonte:

www.nytimes.com/2017/03/15/health/eyes-stem-cells-injections.html (New York Times)

www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa1609583?query=featured_home& (The New England Journal of Medicine)